top of page

Lençóis Paulista Feito à Mão - por Vanessa Spadotto

Atualizado: 4 de ago. de 2022

Retomamos a partir de hoje as histórias e trajetórias dos artesãos e artistas lençoenses, apoiados pela Secretaria de Turismo, por meio do quadro Feito à Mão. O objetivo desta série de reportagens, que ilustra o site e as redes sociais da Prefeitura e da SETUR, é mostrar como é rico e variado o artesanato lençoense. Cheio de inspiração, expressão e aconchego. Carrega a história e o valor cultural de um destino. Permite levar a memória para um lugar ou momento especial. E, mais que isso, é sustentabilidade, desenvolvimento, renda e ocupação.

Hoje contamos um pouco da história da Vanessa Spadotto, que desde criança era apaixonada por produtos feito à mão e fez dessa paixão uma profissão. O talento é expressado em diversos produtos que envolvem principalmente as técnicas de costura criativa, como bolsinhas (estilo necessaire), bonecos de feltro, enfeites, lembrancinhas.

Ela conta que desde pequena sempre foi uma criança curiosa. Adorava rabiscar, desenhar. “Eu sempre dizia que ia ser estilista. Era meu sonho, tanto que sou formada em Design de Moda. Quando a gente ia brincar, minhas primas a cada brincadeira nova tinham uma profissão diferente. Eu era sempre a estilista. Quando criança, minha boneca favorita era a Barbie, porque eu podia fazer roupinhas. E o legal da Barbie é que era que qualquer retalho pequeno dava para montar um figurino completo”, recorda.

A menina foi crescendo. Além de buscar a profissionalização por meio do curso de Design de Moda, ela procurava aprender sobre costura, bordados e afins. Ainda na infância, aprendeu a fazer fuxico, uma técnica que funciona como um complemento para suas peças. Também aprendeu ponto cruz.

Na faculdade, despertou o interesse por bonecas de pano. Através de um curso, conheceu as técnicas de costura em feltro. “Eu não conhecia o feltro e me apaixonei. Comecei a fazer produtos para vender na faculdade. Minha mãe também começou a presentear amigas com algumas bolsinhas que eu produzia. Foi assim que os pedidos começaram a surgir e a produção engrenou”, lembra.

Vanessa sempre buscou apoio do poder público para o desenvolvimento profissional. E foi assim que começou a participar de feiras. Ela adora. “Participei da primeira feira há alguns anos. Na primeira oportunidade, dividi barraca com outro artesão, gostei e nunca mais parei. Para os meus produtos, é muito importante. Eu percebo que as pessoas veêm o meu artesanato, já criam um vínculo, associam com um presente, e compram. Para mim é muito importante esse apoio”.

A artesã está cadastrada junto à Secretaria de Turismo participa ativamente dos projetos e eventos promovidos. Ela comercializou seus produtos em todas as edições da Feira de Artesanato & Economia Criativa realizadas pela SETUR, e de feiras regionais promovidas pelos municípios integrantes da Região Turística Coração Paulista, bem como de ações e programas que visam a melhoria do seu negócio e desenvolvimento de produtos, que tenham relação com a identidade cultural do município.

Tendo em vista que o artesanato e trabalhos manuais são também produtos turísticos, a Secretaria de Turismo apoia e incentiva a produção artesanal e manual no município e tem desenvolvido políticas públicas destinadas ao fomento do segmento. Os artistas e artesãos que desejam participar dos projetos, feiras e eventos da Setur deverão realizar o seu cadastro através do formulário disponível do link: http://encurtador.com.br/ayAO8.



Comments


bottom of page