top of page

Prefeito Anderson Prado sanciona novo Plano Diretor de Turismo

A Câmara de Vereadores aprovou e o prefeito Anderson Prado sancionou a Lei Municipal 5.754, de 13 de dezembro de 2023, que dispõe sobre a revisão do Plano Diretor de Turismo. O documento foi elaborado pela Secretaria Municipal de Turismo com o apoio do Conselho Municipal de Turismo (Comtur), com objetivo de nortear as ações e políticas para o segmento para os próximos três anos. O documento foi elaborado após as reuniões do COMTUR do último ano e da Oficina de Planejamento Participativo, realizada em maio de 2023. A revisão do Plano Diretor também traz um estudo e análise com diagnóstico turístico do município.


“O Turismo é um setor em franco crescimento, que possibilita geração de empregos e renda. Estamos trabalhando para atender cada vez melhor e diversificar o setor. Em 2017, conseguimos aprovar e implantar o primeiro Plano Diretor e em 2020 o projeto já passou pela primeira revisão. Este ano, com mais uma atualização, estamos fazendo um balanço do que já foi executado, quais políticas públicas ainda precisam ser elaboradas e como podemos incluir ainda mais a participação da sociedade civil nesse processo”, avalia o prefeito Anderson Prado.


Lençóis Paulista deu passos significativos em direção ao desenvolvimento turístico, instituindo e implementando o Plano Diretor de Turismo, alcançando a classificação de Município de Interesse Turístico e empenhando esforços contínuos para que o turismo seja reconhecido e fortalecido enquanto política pública. A aprovação do novo Plano Diretor de Turismo é uma grande realização, pois o documento é o instrumento norteador das ações a serem implementadas, que contribuirão para tornar Lençóis Paulista, uma cidade cada vez melhor, seja para seus visitantes ou para seus moradores”, acrescenta a secretária de Turismo, Joelma de Andrade Taioque.


A revisão do Plano Diretor de Turismo tem como visão tornar Lençóis Paulista um destino turístico receptivo, estruturado e atraente para os mercados de turismo cultural, rural, de negócios e eventos, por meio da gestão do turismo e fortalecimento da cadeia produtiva, despertar do turismo local, fortalecimento do artesanato e economia criativa, valorização dos atrativos e do patrimônio histórico-cultural e ambiental, estudo e implementação de melhorias na infraestrutura geral e através de estratégias de marketing turístico.


As informações coletadas durante todo o estudo constituem uma base de dados, que poderá ser alimentada periodicamente pela própria Secretaria de Turismo, permitindo a observação dentro de uma perspectiva de evolução histórica dos dados, a geração de gráficos e tabelas que, quando atualizadas, são importantes ferramentas para o controle e atualização do Plano Diretor de Turismo.




bottom of page